EUA e Coreia do Sul realizam exercícios aéreos conjuntos em meio à crise com Pyongyang

© AFP 2022 / YONHAP Bombardeiro norte-americano B-52 Stratofortress (abaixo) com caças sul-coreanos F-15K e caças norte-americanos F-16 (acima) sobrevoando a Coreia do Sul em proximidades da Coreia do Norte
Bombardeiro norte-americano B-52 Stratofortress (abaixo) com caças sul-coreanos F-15K e caças norte-americanos F-16 (acima) sobrevoando a Coreia do Sul em proximidades da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Aéreas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul iniciaram nesta segunda-feira, 4 de dezembro, os maiores exercícios conjuntos dos últimos anos em meio à crise com Pyongyang, informou a agência Yonhap.

A agência informou que os exercícios — Vigilant ACE 2017 — serão realizados durante os próximos cinco dias.

​As fontes militares da Yonhap revelaram que cerca de 12 mil soldados e mais de 230 equipamentos militares estarão envolvidos nas atividades na península Coreana.

O comando norte-americano declarou que um dos objetivos dos exercícios é ampliar a coordenação entre as Forças Aéreas dos EUA e da Coreia do Sul.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала