Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Venezuela: ex-chefes de petróleo são presos por corrupção

© REUTERS / Miraflores Palace/HandoutMinistro de Mineração e Petróleo da Venezuela, e presidente da PDVSA, Eulogio Del Pino
Ministro de Mineração e Petróleo da Venezuela, e presidente da PDVSA, Eulogio Del Pino - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-ministro do Petróleo Eulogio del Pino e o ex-dirigente da companhia estatal de petróleo PDVSA Nelson Martinez foram detidos na Venezuela nesta quinta-feira (30) em uma ação anticorrupção.

O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, afirmou que os dois foram presos em suas casas durante a madrugada. Ambos são acusados ​​de desviar de fundos estaduais, conspiração e lavagem de dinheiro.

Eles foram demitidos pelo presidente Nicolás Maduro há quatro dias e substituídos por militares. 

Protestos antigovernamentais em Venezuela - Sputnik Brasil
Ativistas dos direitos humanos denunciam tortura e repressão a opositores na Venezuela
Durante o pronunciamento de Saab na televisão estatal, foram mostradas imagens de militares com rifles tocando a campainha de del Pino, que os recebe vestido com uma camisa da seleção da Venezuela. O ex-ministro é, então, calmamente algemado — posteriormente ele divulgou um vídeo nas redes sociais em que rebate as acusações. 

O procurador-geral afirmou que as prisões cumprem a promessa do Governo de garantir que a vasta riqueza petrolífera da Venezuela seja gasta com os pobres e não seja roubada por funcionários corruptos com mansões e iates nos Estados Unidos. 

Saab também disse que outros 65 executivos da estatal de petróleo foram presos neste semestre. 

Críticos de Maduro afirmam que as prisões fazem parte de uma preparação do presidente para as eleições do próximo ano. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала