Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Chanceler japonês quer obrigar a Coreia do Norte a desistir do programa nuclear

© REUTERS / Kim Kyung-HoonTaro Kono, ministro do Exterior japonês
Taro Kono, ministro do Exterior japonês - Sputnik Brasil
Nos siga no
Ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Kono, declarou que a Coreia do Norte deve ser obrigada a abandonar o seu programa nuclear e de mísseis balísticos.

Lançamento de míssil balístico da Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Japão: testes nucleares e de mísseis da Coreia do Norte são absolutamente inaceitáveis
"Consideramos absolutamente inadmissíveis os testes nucleares e os lançamentos de mísseis pela Coreia do Norte. Além de ameaçar os países da Ásia como Japão e Coreia do Sul, isso configura risco para a Rússia, outros países europeus e para toda a comunidade internacional", declarou o ministro neste domingo.

Segundo ele, é necessário realizar a desnuclearização da península da Coreia.

"É um objetivo comum para o Japão e a Rússia, bem como para a Coreia do Sul, os EUA e a China. Para alcançar esse objetivo é necessário o total cumprimento das resoluções do Conselho de Segurança da ONU por todos os membros das Nações Unidas, ou seja, por toda a comunidade internacional", acrescentou Kono.

O diplomata destacou que as autoridades norte-coreanas devem "entender que o país não terá futuro, se continuar o desenvolvimento do programa nuclear e de mísseis".

"Devemos obrigar a Coreia do Norte a desistir do programa nuclear e de mísseis, bem como acabar com os casos de sequestro de cidadãos japoneses por serviços secretos norte-coreanos. Somente depois disso que a comunidade internacional voltará à mesa de negociações e o Japão estará pronto para participar desse processo", concluiu a autoridade.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала