General iraniano: 'Qualquer nova guerra terminará com aniquilação de Israel'

© REUTERS / MORTEZA NIKOUBAZLMilitares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988
Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O comandante do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica, major-general Mohamed Ali Jafari, declarou durante uma coletiva de imprensa em Teerã na quinta-feira (23) que qualquer nova guerra na região vai provocar a aniquilação de Israel.

Israeli Prime Minister Benjamin Netanyahu - Sputnik Brasil
Netanyahu ameaça Irã e sugere que Israel possa usar armas nucleares
"Hoje dizemos que é uma afirmação comprovada que qualquer nova guerra vai levar à erradicação do regime sionista. Eles viram uma parte do poder da frente de resistência durante as guerras dos 33 dias e dos 22 dias e hoje em dia, desde que a grande frente de resistência foi formada, esta afirmação foi comprovada", afirmou o major-general iraniano, informa o RT.

"O destino da frente de resistência está entrelaçado e todos estão unidos, e se Israel atacar uma parte, os outros componentes da frente ajudarão à parte atacada", acrescentou ele.

Abdolrahim Mousavi, general iraniano - Sputnik Brasil
Comandante do exército do Irã profetiza que Israel não sobreviverá aos próximos 25 anos
O general Jafari advertiu que o Líbano é o primeiro objetivo de Israel e diz que o "grupo de resistência libanês Hezbollah" deverá estar armado em meio a esta ameaça para manter a segurança no país árabe.

"Este assunto não é negociável e toda a nação libanesa, exceto uma série de pequenos grupos fantoches, apoia o armamento de Hezbollah", afirmou Jafari.

Anteriormente o major-general Jafari advertiu que o regime sionista não é mais uma ameaça para o Irã e o menor erro de Israel seria o seu último erro. As declarações do alto responsável militar iraniano surgem em meio às tensões crescentes na região entre o Líbano, Israel e Arábia Saudita.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала