Novo Triângulo das Bermudas? Área de buscas do submarino San Juan registra anomalias

Nos siga noTelegram
As buscas do submarino desaparecido em 15 de novembro com 44 tripulantes a bordo continuam sem resultados.

A Marinha da Argentina informou em uma coletiva de imprensa na quarta (22) sobre os resultados das buscas do submarino ARA San Juan, que desapareceu há uma semana nas águas a leste da costa argentina, informa o RT.

Aviões que participam da busca do submarino San Juan desaparecido - Sputnik Brasil
Foi detectado mais um sinal que pode ser do submarino argentino perdido
Enrique Balbi, o porta-voz da Marinha, afirmou que está sendo investigada uma "anomalia hidroacústica" na zona de buscas do submarino desaparecido, 30 quilômetros a norte da última posição conhecida do ARA San Juan.

"A indicação que recebemos coincide com a última posição conhecida na quarta (15)", informou Balbi.

Nenhuma informação adicional sobre a anomalia foi divulgada para "evitar conjeturas". 

Quanto ao fato de o oxigênio no submarino poder estar esgotado, considerando que o submarino desapareceu há 7 dias, o porta-voz da Marinha argentina indicou que "se trata de um dado estatístico" e "não é algo muito rigoroso".

​O porta-voz também indicou que a Rússia se juntou às operações de busca e resgate, após uma conversa entre os presidentes da Argentina e Rússia realizada na quarta. Das operações de busca participam especialistas de vários países, incluindo dos EUA, do Chile, do Brasil, do Reino Unido, da França e da Alemanha.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала