Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

EUA planejam manter presença militar na Síria para minar poder de Assad

© Sputnik / Rodi SaidMilitante das Forças Democráticas da Síria tira selfie sobre veículo militar em Raqqa
Militante das Forças Democráticas da Síria tira selfie sobre veículo militar em Raqqa - Sputnik Brasil
Nos siga no
Os Estados Unidos planejam manter seu apoio militar em favor das Forças Democráticas da Síria (FDS) após a derrota do Daesh para fomentar o estabelecimento de um governo independente, afirmou o jornal Washington Post nesta quarta-feira (22).

De acordo com fontes ouvidas de forma anônima pelo Washington Post, a derrota de grupos terroristas na região norte do país e a retirada das forças dos EUA permitiria que o presidente sírio Bashar Assad assegure sua sobrevivência política e representaria uma vitória para o Irã — seu aliado diplomático.

Membro das tropas governamentais hasteia uma bandeira da Síria em Aleppo (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Damasco aprova declaração conjunta da Rússia, Irã e Turquia sobre crise síria
Para evitar que isso aconteça, os Estados Unidos estão apoiando as Forças Democráticas da Síria (FDS), de maioria curda. O objetivo é fortalecer um possível governo local e diminuir o poder de Assad. 

O secretário de Defesa dos EUA, James Mattis, afirmou na semana passada que os Estados Unidos não irá sair do conflito enquanto não forem criadas condições para uma solução diplomática.

Diferentes grupos que estão lutando no conflito sírio participarão da oitava rodada de negociações de paz organizadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 28 de novembro.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала