Mnangagwa prestará juramento como presidente zimbabuano na sexta-feira (24)

© REUTERS / Philimon BulawayoManifestantes segurando cartazes em apoio ao ex-vice-presidente zimbabuano, Emmerson Mnangagwa, Harare, Zimbábue, 18 de novembro de 2017
Manifestantes segurando cartazes em apoio ao ex-vice-presidente zimbabuano, Emmerson Mnangagwa, Harare, Zimbábue, 18 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Espera-se que o político, Emmerson Mnangagwa, que foi exilado depois de ter sido demitido por Robert Mugabe pouco antes do golpe militar no país africano, regresse ao Zimbábue nesta quarta-feira (22).

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, e a mulher dele, Grace, são vistos durante a cerimônia de posse, em 22 de agosto de 2013 - Sputnik Brasil
Mugabe renuncia à presidência do Zimbábue
A estação de televisão estatal zimbabuana comunicou que Mnangagwa, ex-vice-presidente e aliado por muito tempo do ex-presidente Robert Mugabe, prestará juramento como novo presidente na sexta-feira (24).

Mnangagwa, que escapou do país por razões de segurança depois de ter sido demitido por Robert Mugabe duas semanas atrás, vai aterrissar às 18h00 no horário local (13h00 do mesmo dia em Brasília) na base aérea Manyame em Harare, disse a emissora ZBC.

​Mnangagwa, de 75 anos, prestará juramento como líder interino, declarou Simon Kaya Moyo, o porta-voz da União Nacional Africana do Zimbábue — Frente Patriótica (ZANU-PF, na sigla em inglês) governante, citado pela agência Bloomberg.

Moyo disse por telefone: "Não podemos deixar o país sem liderança."

Na terça-feira (21), Robert Mugabe escreveu uma carta ao parlamento sobre sua decisão de abandonar a presidência. Além do mais, ele deu boas-vindas à transição tranquila do poder no país. A declaração sucedeu a decisão do parlamento quanto ao início do processo de impeachment, dando-lhe 24 horas para deixar o cargo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала