Câmara Alta do parlamento russo aprova lei sobre agentes estrangeiros da mídia

© Sputnik / Vladimir Fedorenko / Abrir o banco de imagensSessão final da primavera do Conselho da Federação da Rússia
Sessão final da primavera do Conselho da Federação da Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Conselho da Federação na sessão da quarta-feira (22) aprovou a lei sobre agentes estrangeiros na mídia.

Logo da empresa Google - Sputnik Brasil
Google: 'não há planos concretos' para dificultar a busca por notícias da RT e da Sputnik
154 pessoas votaram a favor da adoção, uma se absteve e ninguém se pronunciou contra.

De acordo com o texto da lei, agentes estrangeiros podem vir a ser mídias que são financiadas por governos ou organizações do exterior.

Cabe ao Ministério da Justiça da Rússia decidir quais mídias serão incluídas na lista de agentes estrangeiros. O chefe do Comitê da Duma de Estado quanto à política informacional, Leonid Levin, destacou que a lei sobre agentes estrangeiros não incluirá mídias russas, que são financiadas por outros países.

A presidente do Conselho da Federação da Rússia, Valentina Matvienko, disse que, durante a discussão da lei, os comitês tiveram "um diálogo aberto e legítimo".

De acordo com dados recentes, notificações sobre a possibilidade de expandir a legislação que regula agentes estrangeiros na mídia foram enviadas aos serviços de notícias, tais como a Voz da América, Radio Free Europe/Radio Liberty, projetos regionais da Radio Liberty e algumas outras.

As emendas sobre o estatuto dos agentes estrangeiros na mídia são resposta à opressão da mídia russa nos EUA e, em particular, a classificação do RT America como agente estrangeiro.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала