Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ex-governadores Garotinho e Rosinha são acusados de organização criminosa e corrupção

© AFP 2021 / BRUNO DOMINGOSRosinha e Anthony Garotinho, outubro de 2002
Rosinha e Anthony Garotinho, outubro de 2002 - Sputnik Brasil
Nos siga no
A prisão do casal Anthony Garotinho e Rosinha Matheus, ambos ex-governadores do Estado do Rio de Janeiro, foi determinada pelo Juízo Eleitoral de Campos dos Goytacazes, município do norte fluminense e reduto eleitoral dos dois.

Agentes da Polícia Federal do Brasil, dezembro de 2016 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Os ex-governadores Garotinho e Rosinha são presos no Rio de Janeiro
A Polícia Federal (PF) divulgou uma nota nesta quarta-feira, na qual informa que os dois políticos são acusados de corrupção, participação em organização criminosa e falsidade na prestação das contas eleitorais. A ação da PF, realizada também na quarta-feira, teve por objetivo o cumprimento de nove mandados de busca e apreensão. 

De acordo com a nota, a Polícia Federal e o Ministério Público Estadual identificaram elementos que comprovam o fato de uma grande empresa do ramo de processamento de carnes ter firmado contrato fraudulento com uma empresa sediada em Macaé, também no estado do Rio, para a prestação de serviços na área de informática.

“Suspeita-se que os serviços não eram efetivamente prestados e que o contrato, no valor de aproximadamente R$ 3 milhões, era apenas [fachada] para o repasse irregular de valores para utilização em campanhas eleitorais”, diz a nota.

A PF também tinha informações de que o ex-governador cobrava propina nas licitações da prefeitura de Campos, “exigindo pagamento para que os contratos fossem honrados pelo Poder Público do município”. Na nota, é anunciada ainda a prisão de um ex-secretário municipal, cujo nome não foi divulgado.

Após os procedimentos de praxe, os envolvidos serão encaminhados ao sistema prisional do estado, onde permanecerão à disposição da Justiça, informou Agência Brasil.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала