Rússia promete defender interesses nacionais em meio a planos do Google contra sua mídia

© AP Photo / Jens MeyerPessoas trabalhando em notebooks em frente ao símbolo do Google em Hanover, Alemanha (foto de arquivo)
Pessoas trabalhando em notebooks em frente ao símbolo do Google em Hanover, Alemanha (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A autoridade reguladora dos meios de comunicação da Rússia, Roskomnadzor, solicitará que o Google esclareça seus planos de censurar as matérias do RT e Sputnik em seu serviço de busca de notícias, comunicou o diretor da instituição russa, Aleksandr Zharov.

"Estamos preocupados com o Google, vamos pedir para que nos expliquem o que significa o termo 'ranking'", disse ele.

Além do mais, prometeu que a Rússia vai defender seus interesses nacionais em meio aos planos do Google.

Ele notou que o Google tenta apenas prevenir a disseminação do conteúdo dos canais, ao contrário de bani-los. Segundo Schmidt, ele "não é a favor da censura, mas, sim, do ranking".

Estúdio do canal russo RT - Sputnik Brasil
EUA exigem registro do RT como agente estrangeiro até 13 de novembro
Zharov disse a jornalistas: "Primeiramente, vamos ver o que eles vão fazer. Classificar notícias – queríamos saber o que significa. Em segundo lugar, é óbvio que vamos defender a nossa mídia. Veremos quão discriminatória será esta medida na prática."

"Nossa preocupação será expressa ainda hoje ao Google", adicionou ele.

Anteriormente, o ex-chefe do Google e atual diretor-executivo da empresa Alphabet, Eric Schmidt, da qual Google Inc. faz parte, comunicou a intenção de elaborar algoritmos para rebaixar matérias do RT e Sputnik no sistema de buscas do Google.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала