Lendário 'matador de feras' soviético combate Daesh na Síria (VÍDEO)

CC BY 3.0 / Vladimir Sappinen / BS-3canhão antitanque soviético BS-3.
canhão antitanque soviético BS-3. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O lendário canhão antitanque soviético BS-3 foi filmado em plena ação nas unidades de artilharia do exército sírio que combatem o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia).

Os disparos foram supostamente registrados nos arredores da cidade de Al-Bukamal, na província de Deir ez-Zor, perto da fronteira com o Iraque. Nesta zona, os voluntários do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã tentam destruir o que resta do grupo terrorista Daesh.

O BS-3 é um canhão de 100 mm de produção soviética, foi posto em serviço em 1944. Participou com êxito dos últimos combates da Segunda Guerra Mundial e esteve no serviço do Exército Vermelho até à década de 1950. Foi desenvolvido para atravessar a blindagem dos tanques pesados nazistas, Tiger (Tigre) e Panther (Pantera). Foi por isso que, entre os militares soviéticos, ele foi batizado "matador de feras".

Sete décadas depois, a arma criada pelo desenhador de armas soviético Vasily Grabin continua participando de batalhas. Desta vez contra a praga do século XXI: o terrorismo internacional.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала