Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Presidente angolano afasta chefes da polícia e inteligência militar

© AFP 2021 / AMPE ROGERIOPresidente de Angola, João Lourenço, antes do seu primeiro pronunciamento presidencial em Luanda, 16 de outubro de 2017
Presidente de Angola, João Lourenço, antes do seu primeiro pronunciamento presidencial em Luanda, 16 de outubro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga no
João Lourenço, presidente de Angola exonerou nesta segunda (20) as chefias da Polícia Nacional e do Serviço de Inteligência e Segurança Militar. Já foram anunciados os nomes dos sucessores.

Desde a tomada de posse, o presidente João Lourenço já demitiu muitas pessoas de cargos-chave do país. Dessa vez o processo atingiu forças de segurança, sendo demitidas chefias da Polícia Nacional e do Serviço de Inteligência e Segurança Militar, informa TPA, a TV pública de Angola.

João Lourenço durante a cerimônia da sua posse como presidente de Angola, 26 de setembro de 2017 - Sputnik Brasil
Presidente angolano retira gestão de TV pública dos filhos do seu antecessor
Por ordem do presidente angolano foi afastado Ambrósio de Lemos, comandante-geral da Polícia Nacional, que já tem sucessor — Alfredo Eduardo Manuel Mingas, ex-comandante da Polícia de Intervenção Rápida.

Citado pelo portal de notícias português Observador, Ambrósio de Lemos desmente que se trata de motivos políticos: "Agora chegou à altura, porque a idade já é alguma. Chegou à altura do descanso", afirmou.

António José Maria, ex-chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar, será substituído por Apolinário José Pereira, que, por sua vez, para poder desempenhar o novo cargo, foi exonerado da Comissão Especial de Serviço no Ministério das Relações Exteriores.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала