Turquia retira contingente de exercícios militares após uma 'gafe' da OTAN

© AFP 2022 / OZAN KOSESoldados turcos
Soldados turcos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente turco Erdogan anunciou que o contingente turco será retirado dos exercícios militares da OTAN na Noruega.

O complexo lançador de mísseis S-400 Triumph desfila pela Praça Vermelha durante a Parada da Vitória em 9 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
OTAN faz ameaça à Turquia por adquirir sistemas S-400 russos
Segundo declarou o presidente turco, Ancara deu ordem de saída aos 40 militares que participavam das manobras da OTAN na Noruega após as imagens de duas personalidades turcas terem sido colocadas em um mapa como "inimigos".

"Eles colocaram no mapa dos 'inimigos' uma imagem de Ataturk [fundador e primeiro presidente da Turquia], bem como de mim próprio", disse Recep Tayyip Erdogan falando perante os chefes das seções regionais do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP em inglês, o partido no poder).

A decisão de retirar os militares foi tomada pelo chefe do Estado-Maior após ter tido conhecimento da notícia, tendo o governo do país apoiado a iniciativa. 

​O presidente acrescentou que Ancara não vai reconsiderar a sua decisão mesmo que o mapa seja retirado. 

O secretário-geral da OTAN Jens Stoltenberg e o comandante do Centro na Noruega apresentaram oficialmente as desculpas, dizendo que se tratou de uma "iniciativa infeliz" de um contratado civil.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала