Pentágono divulga dados sobre abuso sexual no exército dos EUA

© AP Photo / Mindaugas KulbisExército dos EUA
Exército dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Pentágono tornou públicos os dados sobre assédio sexual no exército dos EUA. O relatório correspondente foi publicado no site Departamento de Defesa norte-americano neste sábado (18).

O Departamento de Prevenção da Violência Sexual forneceu ao Departamento de Defesa dos EUA um documento analisando queixas de assédio recebidas de bases militares dos EUA em todo o mundo. O relatório apresenta dados de 2013 a 2016. O

Combatentes de Peshmerga, forças  do Curdistão iraquiano (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Opinião: EUA 'apostam' no Iraque, já que falharam na Síria
O documento abrange casos de violência sexual das forças navais, terrestres, fuzileiros navais e bases militares conjuntas em zonas de combate como o Iraque, o Afeganistão e outros.

Conforme indicado no relatório, não é necessário que o assédio sexual tenha ocorrido com base na denúncia. Muitas vezes, os militares são transferidos para instalações militares mais equipadas ou grandes, enquanto o incidente em si poderia ocorrer na base onde o soldado serviu anteriormente.

O documento observa que o número de casos de violência sexual é maior nas instalações militares onde os novos recrutas são treinados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала