Analista militar conta sobre lançador de mísseis 'onívoro' para Marinha russa

© Sputnik / Igor ZaremboEnsaio do Desfile Naval em homenagem ao Dia da Marinha, Rússia
Ensaio do Desfile Naval em homenagem ao Dia da Marinha, Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os navios da Marinha russa receberão em seu serviço o novo lançador de mísseis UKSK-M, que permite realizar lançamentos de todos os tipos de mísseis, segundo a mídia. O especialista militar, Aleksandr Mozgovoi, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, assinalou que a utilização de lançadores de mísseis vai ser mais barata.

A edição russa Isvestia informou que a Marinha russa receberá o lançador de mísseis universal UKSK-M que permite realizar lançamentos de todos os tipos de mísseis.

"Os navios de combate russos receberão um lançador de mísseis 'onívoro'. Ele permite realizar lançamentos, mesmo em condições climáticas difíceis, de todos os tipos de mísseis que estão ao serviço da Marinha russa: antiaéreos, de cruzeiro, antinavio, e mesmo antissubmarino", se lê no artigo.

Lançador múltiplo de foguetes BM-21 Grad - Sputnik Brasil
O 'extravagante' lançador de mísseis russo: a nova obsessão da imprensa norte-americana
O UKSK-M foi desenvolvido não apenas para mísseis em serviço, mas também para os do futuro como, por exemplo, o míssil hipersônico Tsirkon. Está planejado que, quando o lançador passar por todos os testes, os navios de combate da Marinha russa serão equipados com ele.

De acordo com a edição, com o novo lançador podem ser equipados não apenas cruzadores e fragatas, mas também corvetas leves e até navios pequenos de mísseis.

O especialista militar Aleksandr Mozgovoi, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, assinalou que a utilização do novo lançador de mísseis vai custar muito menos.

Sistema de defesa antiaérea russo ZRK 2K12 KUB - Sputnik Brasil
Rússia e China testarão sua defesa antimíssil
"O UKSK-M é capaz de disparar todos os tipos de mísseis. Até agora, os navios russos mais modernos estão equipados com lançadores que disparam apenas mísseis antinavio Kalibr-NK ou Oniks. Estes mísseis são utilizados para disparar contra alvos costeiros como foi, por exemplo, no caso dos ataques de navios russos contra alvos do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) na Síria. Os mísseis antiaéreos possuem seus próprios lançadores. […] Com o novo lançador será possível disparar também mísseis antissubmarino e antiaéreos, ou seja, todo o conjunto de mísseis. Exceto mísseis estratégicos, é evidente. O sentido disso é que o lançador pode ser modificado de forma simples para mísseis específicos. Por conseguinte, o novo lançador torna significativamente mais barata sua utilização", ressaltou Aleksandr Mozgovoi.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала