- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Brasileira é executada pela polícia após ser confundida com assaltante em Portugal

© Sputnik / Vladimir Rodionov / Abrir o banco de imagensVista de Lisboa (foto de arquivo)
Vista de Lisboa (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Uma cidadã brasileira de 35 anos foi morta nesta quinta-feira pela polícia de Lisboa após o seu carro ser alvo de dezenas de tiros disparados pelos agentes, que confundiram o veículo da vítima com o utilizado mais cedo em um assalto. Os verdadeiros criminosos conseguiram escapar.

De acordo com a mídia portuguesa, a polícia alega que estava realizando uma grande operação de buscas pelo carro usado durante a madrugada por dois assaltantes que roubaram caixas eletrônicos na região da capital quando avistaram o veículo em que Ivanice Carvalho da Costa estava, que tinha as mesmas características. No momento da abordagem, a brasileira estava junto com o seu namorado, que a levava para o trabalho, sem carteira de habilitação e documentos do carro. Segundo as autoridades, o veículo do casal furou o bloqueio e colocou em risco a vida dos policiais, que responderam com disparos.

"Esta viatura, durante a fuga, tentou atropelar os polícias, que tiveram de afastar-se rapidamente para não serem atingidos e, em ato contínuo, os polícias foram obrigados a recorrer a armas de fogo", diz a nota do Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública, citada pelo Diário de Notícias.

Mais à frente, ainda de acordo com o comunicado oficial, o veículo voltou a desobedecer às ordens de outra equipe de policiais, mas acabou sendo interceptado. Nesse momento, os agentes constataram a grave situação de Ivanice, ferida "por impacto de projétil de arma de fogo".

O companheiro da vítima, também brasileiro, foi detido por condução ilegal, condução perigosa e desobediência. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, pediu às autoridades competentes uma investigação imediata do caso. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала