Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

O que está por trás da 'falência seletiva' da Venezuela?

© REUTERS / Ueslei MarcelinoUm caixa recebe notas venezuelanas de bolívar em um mercado no centro de Caracas, Venezuela
Um caixa recebe notas venezuelanas de bolívar em um mercado no centro de Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga no
A agência de classificação S&P anunciou falência seletiva da Venezuela, reduzindo a classificação da sua dívida soberana em moeda estrangeira em longo prazo de D (falência) para SD (falência seletiva).

O membro da União Internacional dos Economistas, Igor Didenko, explicou ao serviço russo da Rádio Sputnik o que significa falência seletiva para o país e por que ela foi proclamada.

"A falência seletiva é uma situação quando o país se rejeita a pagar algumas de suas obrigações. Para a Venezuela, trata-se da recusa de pagar suas obrigações que expirarão em 2019 e 2020", explicou ele.

Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro - Sputnik Brasil
Maduro: Venezuela nunca declarará falência
Quanto à Venezuela, o economista sublinhou que mais cedo ou mais tarde o país entrará em falência.

"Todas as discussões realizadas nos últimos tempos destacam uma única coisa: apesar da indústria de petróleo relativamente forte, a situação econômica, para não dizer mais, não é bastante boa para assegurar o serviço da enorme dívida do país", concluiu Didenko.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, declarou, por sua vez, que seu país nunca entrará em falência e que sua administração procuraria reestruturar a crescente dívida externa do país, destacando que o país bolivariano pagaria todas as suas dívidas.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала