Mídia: existem pelo menos 3 áreas em que Rússia possui vantagem militar sobre EUA

© AFP 2022 / KIRILL KUDRYAVTSEVSoldados russos montam guarda ao lado de um sistema de defesa antiaérea S-400 Triumf
Soldados russos montam guarda ao lado de um sistema de defesa antiaérea S-400 Triumf - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Existem pelo menos três áreas-chaves onde a Rússia possui vantagem militar perante os EUA, comunicou a cientista sênior de pesquisas do Centro de Pesquisas Estratégicas e Internacionais (CSIS em inglês), Lisa Sawyer Samp.

Krasukha 4, sistema de guerra eletrônica das Forças Armadas da Rússia - Sputnik Brasil
Mídia: Rússia supera EUA em desenvolvimento de meios de guerra eletrônica
Primeira área é a possibilidade de limitar e conter o acesso para um território determinado (conceito antiacesso A2/AD). Segunda área são as iniciativas militares combinadas, das quais participam vários tipos de tropas simultaneamente, e a terceira é a guerra cibernética e radioeletrônica, afirma Lisa Sawyer Samp, citada pelo The National Interest

Os autores do artigo se focaram mais na primeira área, em que a Rússia superará os EUA em caso de uma possível guerra na Europa. A2/AD é o conceito de contenção do inimigo a distância, com a ajuda do sistema de armas, quando uma tentativa de invasão de qualquer zona, causará inevitavelmente danos graves. Nas realidades existentes, trata-se em primeiro lugar, sobre os sistemas de defesa antiaérea, mísseis de cruzeiro e outros meios de liquidação remota. 

Módulo multifuncional de interferência Krasukha 4 durante os exercícios na região de Sverdlovsk, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Para especialista, Moscou ganharia qualquer guerra eletrônica com Ocidente
Philip Breedlove, ex-comandante do Comando Europeu das forças armadas dos EUA declarou no verão, que o exército norte-americano conta demasiadamente com as forças aéreas, insuficientes para resolver os problemas com o A2/AD. Por isso, ele incitou reforçar as tropas terrestres na Europa. É notável que a existência das zonas russas A2/AD, era classificada como "ultrajante" pelo general norte-americano, informa o Rossiiyskaya Gazeta

Evelyn Farkas, ex-assistente do ministro da Defesa dos EUA em questões da Rússia, Ucrânia e Eurásia, por sua vez acrescentou, que apesar do fato que o orçamento militar russo é significativamente menor do que o dos EUA, os meios disponíveis são gastos de modo efetivo. 

Ela acrescentou que a Rússia reforça suas capacidades nas áreas-chaves como os mísseis de cruzeiro, sistemas de defesa antiaérea e etc, o que cria problemas para os EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала