Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Processo independentista reduz libido nos catalães

© AFP 2021 / PAU BARRENAHomem segurando bandeira pró-independência "Estelada" em Barcelona, durante greve organizada pela união pró-independência, em 8 de novembro de 2017
Homem segurando bandeira pró-independência Estelada em Barcelona, durante greve organizada pela união pró-independência, em 8 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga no
"Há muita inquietação", admitem os psicólogos na região espanhola em relação ao processo separatista. Uma gama de sentimentos entre os catalães amplia: desde tristeza e raiva até a ilusão que atravessa medo e frustração.

A situação catalã está afetando muito o estado emocional da população da comunidade autônoma, o que se representa no crescimento das visitas ao psicólogo, informa o jornal Diari de Tarragona. Segundo ele, em algumas farmácias da cidade catalã de Tarragona são vendidos mais tranquilizantes e remédios para dormir do que preservativos.

"Quando focamos em uma área, o resto do que consiste a nossa vida torna-se secundário. A situação complexa pode afetar a libido, assim como prejudicar as relações com outras pessoas", assegurou Jaume Descarrega, presidente do Colégio de Psicólogos de Tarragona.

Contudo, o psicólogo admite que o processo independentista da comunidade autônoma "não é o motivo principal" da visita aos especialistas, "há muita inquietação a este respeito". "O que sucede, cria sentimentos que podem ir de tristeza à raiva e ódio, passando pela frustração e medo, também desde um ponto de vista socioeconômico", indicou Jaume Descarrega.

Protesto pela independência da Catalunha, em Barcelona, dia 11 de novembro de 2017 - Sputnik Brasil
750 mil vão às ruas da Catalunha pedir liberdade de políticos pró-independência presos
Os psicólogos afirmam que a crise catalã também causa mal-estar emocional. "Todos sabemos que o que se passa, gera problemas ao nível de relações familiares, amigáveis ou profissionais", aponta o presidente do Colégio de Psicólogos.

Neste sentido, o psicólogo sublinhou que as redes sociais que "se tornaram uma ferramenta, onde qualquer pessoa é capaz de decidir qualquer coisa", estão causando "muitos danos". Há pessoas que não podem desconectar, acabam obcecadas com o tema e deixam de lado outras áreas da vida que requerem atenção", explicou.

Apesar da complexa situação emocional que estão vivendo os catalães, os envolvidos no processo ilegal de separação da Espanha, têm métodos para ir adiante, assegura Jaume Descarrega: "Têm que recuperar outras áreas da vida, tais como as relações sociais e o lazer".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала