Explosão em oleoduto estatal é 'ato de terrorismo' orquestrado pelo Irã, acusa Bahrein

© AP Photo / Vahid SalemiHassan Rouhani, presidente do Irã
Hassan Rouhani, presidente do Irã - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A explosão que atingiu um oleoduto da companhia de petróleo estatal do Bahrein é responsabilidade do Irã, acusou o Bahrein neste sábado (11).

O incidente nas proximidades da aldeia xiita de Buri não deixou nenhum ferido, mas pode significar novos problemas de insurgência para o país do Oriente Médio. Até o momento, nenhum grupo assumiu a responsabilidade pela explosão.

Sistema de defesa antiaérea de mísseis do Irã - Sputnik Brasil
Macron quer revisar acordo com Irã para não criar 'uma Coreia do Norte' no Oriente Médio
Para o ministro do Interior de Bahrein, Rashid bin Abdullah Al Khalifa, a explosão no oleoduto da Bahrain Petroleum Company é "o último exemplo de um ato terrorista realizado por pessoas em contato direto e sob instruções do Irã".

O ministro das Relações Internacionais Khalid bin Ahmed Al Khalifa afirmou que o oleoduto destruído levava combustível para a Arábia Saudita, que é um aliado regional do Bahrein. Para o chanceler, o incidente também foi orquestrado pelo Irã.

Teerã não comentou as acusações.

O Bahrein abriga a 5ª Frota da Marinha dos Estados Unidos e enfrenta ataques ocasionais de grupos militantes locais xiitas. O governo é da família sunita Al Khalifa, que reprime toda a dissidência política e prende opositores.

Durante a Primavera Árabe, em 2011, os protestos na pequena ilha do Oriente Médio foram reprimidos com a ajuda da Arábia Saudita.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала