Coalizão liderada pela Arábia Saudita ataca Ministério da Defesa do Iêmen

© AFP 2022 / STRMilitantes houthis na província de Bayda, Iêmen
Militantes houthis na província de Bayda, Iêmen - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O suposto ataque vem na sequência do lançamento de mísseis dos Houthi iemenitas em direção à Arábia Saudita.

Protesto contra crise no sistema de coleta de lixo em Beirute, no Líbano, em 25 de julho de 2015 - Sputnik Brasil
Arábia Saudita pede que seus cidadãos saiam do Líbano imediatamente
A coalizão liderada pelos sauditas alegadamente realizou dois ataques aéreos contra o Ministério da Defesa do Iêmen, em Sanaa. A informação foi divulgada pela agência AFP. 

O suposto ataque aéreo ocorre quase uma semana depois que a Arábia Saudita interceptou um míssil lançado pelos Houthis, levando a coalizão liderada pelos sauditas a chamar o ataque de um "ato de guerra" e acusar Teerã de ser responsável por armar os rebeldes iemenitas.

A Arábia Saudita está envolvida em um conflito violento com os rebeldes iemenitas houthis por mais de dois anos. Desde 2014, o Iêmen tem vivido um conflito armado entre os rebeldes do movimento houthi Ansar Allah, que contam com o suporte de militares partidários do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, e as tropas do atual presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала