Rússia poderá proibir CNN se EUA banirem canais de TV russos, disse senador

© Fotolia / Karelin Dmitriy CNN hopes to return to the Russian market as soon as it evaluates all the formalities of the country's new media legislation.
CNN hopes to return to the Russian market as soon as it evaluates all the formalities of the country's new media legislation. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia pode proibir legalmente a inclusão do canal CNN na TV comercial e a cabo, caso lei norte-americana proíba que o conteúdo de vídeos governamentais russos seja incluído em suas redes, disse à Sputnik o senador russo e membro do Comitê do Conselho da Federação para política de informação, Igor Morozov.

Presidenciável do Partido Republicano Donald Trump depois do segundo debate contra Hillary Clinton, St.Louis, Missouri, EUA, 9 de outubro de 2016 - Sputnik Brasil
RT revela detalhes das conversações com Twitter em 2016
"Se a lei for aprovada, a Rússia aplicará medidas similares às ações do Congresso norte-americano. O canal CNN será encaixado no vácuo informacional e isolado na Rússia, ele será legalmente banido de todas as transmissões, incluindo os pacotes de televisão a cabo", disse Morozov.

O Senado dos EUA, em um projeto de lei concordado sobre o orçamento de 2018, propôs a proibição para os distribuidores norte-americanos de incluir "conteúdo de vídeos governamentais russos" em suas redes. O projeto foi sugerido em meio à pressão sobre a mídia russa nos Estados Unidos.

O rascunho da Ata de Autorização da Defesa Nacional para Ano Fiscal 2018 estipula que qualquer vídeo de estações de televisão que seja da Rússia, bem como controlado ou financiado pelo governo eslavo, não pode ser transmitido nos EUA.

A pressão sobre a mídia russa nos EUA vem apenas agravando nos últimos dois anos. Não muito tempo atrás, o Congresso dos EUA acusou o RT de ter influenciado nos resultados das presidenciais em 2016 nos EUA. A acusação foi refutada pela editora-chefe do RT que, por sua vez, criticou as autoridades norte-americanas pela pressão sem precedentes sobre o canal russo.

Além disso, o rascunho da lei da defesa propõe proibir também a compra e uso de produtos da empresa russa Kaspersky Lab, especializada em antivírus para computadores, por temer interferências estatais pelo governo russo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала