Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Vice-chanceler: Rússia nunca apoiou embargo total contra Coreia do Norte; há uma opção

© REUTERS / KCNALíder norte-coreano, Kim Jong-un
Líder norte-coreano, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Rússia nunca apoiou embargo total em relação à Coreia do Norte, disse à Sputnik o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, comentando o apelo do presidente norte-americano, Donald Trump, à Rússia e à China para reduzir laços econômicos e diplomáticos com Pyongyang.

Donald Trump, o presidente dos EUA, discursando na Assembleia Nacional da Coreia do Sul - Sputnik Brasil
Pyongyang: Donald Trump em Seul pretende 'acender o pavio de uma guerra nuclear'
"Nunca apoiamos propostas de embargo total contra a Coreia do Norte, e contra qualquer outro país. Achamos que é necessário resolver o problema existente quanto ao descumprimento de Pyongyang das resoluções do Conselho de Segurança da ONU e ações provocativas da Coreia do Norte no passado de maneira completamente diferente", declarou Ryabkov.

Segundo ele, "pressão, sanções, bloqueio e embargo não se encaixam em nosso arsenal".

"Não podemos apoiar tais solicitações por acreditarmos que há alternativas. E as propostas sino-russas conjuntas, quando entendidas adequadamente, endereço essas palavras aos colegas de Washington, como são entendidas por nós, seria possível avançar com processo político", ressaltou Ryabkov.

Na quarta-feira (8), o presidente norte-americano, Donald Trump, discursou no Parlamento da Coreia do Sul e, em muitos aspectos, suas palavras foram dedicadas à Coreia do Norte. Ele solicitou a todos os países para que executem isolamento internacional de Pyongyang. No que diz respeito à China e à Rússia, Trump espera que reduzam suas relações econômicas e diplomáticas com a Coreia do Norte.

Ele repetiu que Washington não deixará Pyongyang possuir armas nucleares, chamando o país de Estado "governado como culto", no centro do qual "há crença louca na destinação do líder de reinar como protetor da península conquistada e do povo coreano escravizado".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала