Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Pyongyang: Donald Trump em Seul pretende 'acender o pavio de uma guerra nuclear'

© REUTERS / Lee Jin-manDonald Trump, o presidente dos EUA, discursando na Assembleia Nacional da Coreia do Sul
Donald Trump, o presidente dos EUA, discursando na Assembleia Nacional da Coreia do Sul - Sputnik Brasil
Nos siga no
A visita do presidente estadunidense, Donald Trump, à Coreia do Sul, no âmbito da sua viagem de 12 dias pela Ásia, tornou-se objeto de criticas continuadas em Pyongyang.

"Trump [Donald] viajou à Coreia do Sul porque busca reforçar suas ameaças militares contra nós  e tem a intenção de acender o pavio de uma guerra nuclear", diz o comunicado publicado no jornal oficial da Coreia do Norte, Rodong Sinmun.

Presidente norte-americano Donald Trump com o seu homólogo sul-coreano Moon Jae-in durante a coletiva de imprensa no palácio presidencial Casa Azul em Seul, 7 de novembro - Sputnik Brasil
Em Seul, Trump volta a avisar Coreia do Norte: 'não nos subestime'
Ao mesmo tempo, o jornal destaca que o problema consiste em que Seul está seguindo "cegamente os EUA", que, por sua vez, quer iniciar uma guerra nuclear.

Mais cedo, o presidente dos EUA Donald Trump, falando perante o Parlamento sul-coreano, declarou que quer construir a paz através da força.

A Coreia do Norte, por sua vez, condenou na quarta (08) a visita do presidente norte-americano à Coreia do Sul, afirmando que ela agrava as tensões na península da Coreia, aumentando o risco de um conflito nuclear.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала