Trump acusa Irã de estar por trás do lançamento de míssil contra Riad a partir do Iêmen

Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, considera que Teerã está por trás do lançamento do míssil balístico desde o território do Iêmen contra a Arábia Saudita.

"Em minha opinião, o Irã disparou contra a Arábia Saudita, vocês sabem disso, não é? Vocês viram que foi lançado um míssil e que os nossos sistemas o derrubaram", disse Trump aos jornalistas, falando sobre os sistemas de defesa antimíssil Patriot que os EUA forneceram a Riad.

Em 4 de novembro, a mídia informou que a Arábia Saudita interceptou um míssil balístico ao nordeste de Riad. Segundo informações preliminares, o míssil foi lançado pelos rebeldes iemenitas. O ataque não resultou em danos matérias e não provocou vítimas; o míssil também não provocou interferências no funcionamento do Aeroporto Internacional Rei Khalid que, supostamente, era o alvo do ataque.

Damage is seen following a Saudi-led air strike in Yemen's northwestern city of Saada May 22, 2015 - Sputnik Brasil
EUA matam dezenas de terroristas em bombardeios no Iêmen
Não é pela primeira vez que o Iêmen tenta bombardear o território saudita. Em 10 de outubro, um míssil lançado do território iemenita foi interceptado na província saudita de Jazan, no sudoeste do país, perto da fronteira entre os dois países.

Em maio, Riad afirmou ter interceptado um míssil lançado pelos rebeldes houthis contra a capital saudita.

A Arábia Saudita está envolvida em um conflito violento com os rebeldes iemenitas houthis por mais de dois anos. Desde 2014, o Iêmen tem vivido um conflito armado entre os rebeldes do movimento xiita Ansar Allah, que contam com o suporte de militares partidários do ex-presidente Ali Abdullah Saleh, e as tropas do atual presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала