Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Vestígio da Atlântida? Reveladas imagens da misteriosa cidade submersa no Pacífico

Nos siga no
Novas descobertas em uma das ilhas da Micronésia podem lançar luz sobre o destino da lendária Atlântida.

O canal científico Science revelou novas imagens de uma cidade antiga composta de centenas de ilhas separadas por canais de água perto da cidade de Nan Madol, na Ilha de Pohnpei, Micronésia.

A descoberta na ilha de centenas de blocos quadrados de pedra, de tamanho semelhante, despertou a esperança que a lendária ilha da Atlântida seja real, informou The Independent.

A ilha onde teve lugar a descoberta é uma das mais remotas do oceano Pacífico e se situa a 2,5 mil quilômetros da Austrália. Segundo os pesquisadores, o nome "Nan Madol" significa "espaço no meio", o que se pode referir à estrutura em que está dividida a cidade: canais de água que separam blocos.

Escovações no Vale Timna, no sul de Israel (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Achado misterioso nas 'minas do rei Salomão' deixa cientistas perplexos (FOTOS)
Antigamente, a ilha foi habitada por uma civilização asiática, da qual nada se sabe. "Por que alguém construiu uma cidade no meio do oceano tão afastada de qualquer outra civilização?", pergunta-se o arqueólogo Patrick Hunt. Muitos habitantes locais acreditam que a cidade de Nan Madol está assombrada, o que aumenta os rumores que poderia se tratar da tão procurada Atlântida.

"Quando observamos os blocos do ar, ficamos impressionados, mas ficamos ainda mais ao vê-los em terra. Os blocos têm uma altura de sete metros e uma largura de cinco metros", disse a arqueóloga Karen Bellinger.

No ano passado, Mark McCoy, antropólogo e professor da Universidade Metodista do Sul em Texas, EUA, encabeçou uma pesquisa para determinar a origem da cidade misteriosa. Para ele, foi necessário analisar um pedaço de coral encontrado na tumba do primeiro líder da cidade, que permitiu datar a construção entre 1800-1200 a.C. Segundo McCoy, a edificação é cerca de 100 anos mais antiga que o resto de construções similares nas ilhas do Pacífico.

Silhuetas de policiais em frente à Grande Pirâmide do Egito (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Câmara secreta: pesquisadores descobrem cavidade misteriosa na Grande Pirâmide egípcia
O estudo também revelou que Nan Madol era um antigo centro administrativo e mortuário na ilha de Pohnpei. Construído sobre 83 hectares de lagoa com ilhas artificiais, sua arquitetura se baseia em colunas de basalto e coral.

"Em minha opinião, no seu melhor momento, Nan Madol era a capital da ilha", sublinhou McCoy. "Foi a sede do poder político, o centro dos rituais religiosos mais importantes e o lugar onde os antigos líderes da ilha foram enterrados", explicou ele.

De acordo com uma nova teoria surgida no ano passado, a famosa cidade perdida e muito procurada da Atlântida, teria sido destruída por um tsunami.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала