Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Moscou: proibição do Twitter a Sputnik e RT reflete sua dependência a autoridades dos EUA

© Sputnik / Yevgeny Biyatov / Abrir o banco de imagensEstúdio de um programa de notícias do canal russo RT
Estúdio de um programa de notícias do canal russo RT - Sputnik Brasil
Nos siga no
A decisão do Twitter de proibir o canal russo RT demonstra uma dependência absoluta da companhia ao establishment militar norte-americano, declarou na quinta-feira (2) Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

A porta-voz da Chancelaria russa, Maria Zakharova - Sputnik Brasil
Rússia: agressão contra mídia russa está relacionada com serviços secretos dos EUA
"Em nossa opinião, impondo esta restrição, o Twitter demonstrou a sua insolvência comercial e dependência absoluta à vontade do establishment militar dos EUA que controla diretamente o processo de tomada de decisões nesta companhia, como é percebido atualmente", disse Zakharova em briefing desta quinta-feira.

A posição de Moscou sobre o assunto foi também pronunciada anteriormente no dia da proibição pelo vice-ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, quem reiterou que a Rússia dará uma resposta semelhante caso a mídia russa continue sendo pressionada no exterior.

"Mas o detalhe principal em toda essa situação é que estamos tentando evitar agravamento futuro do conflito e acreditamos que isso dependa em última instância se a pressão inaceitável sobre a mídia russa nos EUA, mais especificamente sobre o RT e a Sputnik, continuará ou não", frisou Ryabkov.

De acordo com o diplomara russo, a legislação existente de seu país permite, caso necessário, classificar a mídia estrangeira que atua no país como "agentes estrangeiros" ou "organizações inaceitáveis".

Maria Zakharova também apelou a todos os internautas das redes sociais para fazerem conclusões correspondentes em meio à situação. Como declarou ela, o Twitter pode banir a mídia ou representação de negócios em qualquer país se a situação política mudar.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала