Relatório: arsenal nuclear dos EUA vai custar US$ 1,2 trilhão nos próximos 30 anos

© AP Photo / Foto de arquivo, Força Aérea dos EUA Lançamento de míssil balístico Minuteman III
Lançamento de míssil balístico Minuteman III - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um relatório independente produzido pelo Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos apontou que o arsenal nuclear estadunidense custará US$ 1,2 trilhões pelos próximos 30 anos, um montante não investido nas últimas três décadas.

"Se esses planos se concretizassem, seria o maior incremento nuclear desde a administração [de Ronald] Reagan", disse Stephen Schwartz, um analista nuclear independente, ao jornal britânico The Guardian.

O documento aponta ainda que os custos subirão consideravelmente entre as décadas de 2020 e 2030, e que esse aumento será praticamente impossível de ser financiado sem que cortes no orçamento do Departamento de Defesa sejam realizados.

Presidente dos EUA Donald Trump - Sputnik Brasil
Trump pediu aumento de 10 vezes do arsenal nuclear dos EUA, diz mídia

Se o programa de modernização estabelecido durante a administração do ex-presidente Barack Obama for tomado como referência, o aumento seria de 25%, o que significa um total de US$ 400 bilhões, de acordo com o Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos.

O Departamento de Defesa estadunidense está considerando o desenvolvimento de ogivas nucleares de baixa potência, o que coincide com as repetidas promessas do atual presidente do país, Donald Trump, para aumentar o arsenal nuclear norte-americano.

"Prosseguir a modernização nuclear seria um desafio no ambiente de hoje", detalhou o relatório, acrescentando que competiria com as ambições militares para a modernização da Marinha e da Força Aérea.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала