Tillerson apela ao Congresso uma total liberdade de ação contra terroristas

© AFP 2022 / Nikolai DoychinovSoldados da Marinha norte-americana durante exercícios conjuntos Platinum Lion 15-2 com o exército búlgaro
Soldados da Marinha norte-americana durante exercícios conjuntos Platinum Lion 15-2 com o exército búlgaro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, apelou ao Congresso para que ele permita à Casa Branca usar a força norte-americana de forma ilimitada contra os terroristas sem indicar os limites da sua aplicação.

Segundo ele, a nova autorização de usar a força militar não deve ser limitada geograficamente.

"Tal como na situação com a autorização atual, a administração precisará de uma licença obrigatória para uso da força militar contra o inimigo que não respeitar as fronteiras e não se limitar à seu cumprimento", disse ele nas audições no Congresso.

Não obstante, segundo ele, a administração está contra o cancelamento das licenças em vigor aplicadas após os ataques terroristas em 11 de setembro de 2001 e em 2002, na véspera da guerra com o Iraque.

Soldados norte-americanos em Mossul, Iraque (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Tillerson: tropas dos EUA vão ficar no Iraque até derrota do Daesh
A posição semelhante foi expressa pelo secretário da Defesa James Mattis.

Os presidentes norte-americanos de vez em quando apelam ao Congresso para pedir licença para uso de força militar, mas muitas vezes passam sem isto. Além disso, existe a prática de interpretar em termos gerais tais autorizações, por exemplo, a luta contra o Daesh [organização terrorista proibida na Rússia] é travada com base na autorização dada para as ações militares contra a Al-Qaeda e o governo do Iraque chefiado na época pelo presidente Saddam Hussein.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала