Autoridades catalãs aprovam resolução para declarar independência

© REUTERS / Juan MedinaPessoas celebrando a decisão parlamentar de aprovar a independência da Catalunha da Espanha, 27 de outubro, 2017
Pessoas celebrando a decisão parlamentar de aprovar a independência da Catalunha da Espanha, 27 de outubro, 2017 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Parlamento catalão aprovou nesta sexta-feira (27) a resolução para declarar a independência.

Chefe do governo da Catalunha, Carles Puigdemont - Sputnik Brasil
Puigdmemont acusa rei da Espanha de apoiar agressão contra os direitos da Catalunha
O Parlamento da Catalunha aprovou a declaração de independência com 70 votos a favor, 10 contra e 2 em branco.

A votação foi realizada secretamente no palácio parlamentar de Barcelona. A oposição boicotou a votação e a qualificou como ilegal. Os representantes das formações políticas Ciudadanos, Partido Popular e Partido Socialista da Catalunha, que contam com 52 deputados de uma câmara de 135, declararam antes da votação que não iriam participar e que iriam abandonar a sala de reuniões caso a resolução fosse apresentara para votação.

"Nós, representantes democráticos do povo da Catalunha, em livre exercício do direito de autodeterminação e de acordo com o mandato recebido do povo catalão, constituímos a República da Catalunha como Estado independente e soberano", afirma a resolução, lida antes da votação pela presidente da câmara, Carme Forcadell.

Marcha pela independência da Catalunha (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Catalunha afirma que não cumprirá as ordens de Madri, só obedecerá à sua própria população
Os deputados colocaram seus votos na urna de forma secreta, sendo uma medida excepcional tomada para evitar prováveis consequências penais por sua participação na votação.

Os cidadãos concentrados perto do Parlamento celebraram a aprovação do processo constitutivo da República Catalã. Também os deputados da câmara catalã se emocionaram.

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, apelou a que os espanhóis mantenham a calma. Ele também apelou à restauração do estado de direito no país.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала