Mítica Transiberiana russa será renovada em projeto multimilionário

CC BY 2.0 / Monstrue / Linha ferroviária Transiberiana
Linha ferroviária Transiberiana - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A empresa russa RZD (Ferrovias Russas) planeja modernizar ferrovia mais longa do mundo até 2018.

A empresa estatal RZD (Ferrovias Russas) planeja aumentar os investimentos para o próximo ano até o valor recorde de 579,4 bilhões de rublos (R$ 32,5 bilhões), informou a agência Reuters.

O objetivo principal do programa é a modernização das linhas ferroviárias Baikal-Amur (BAM, na sigla em russo) e Transiberiana, que tem um comprimento de 9,2 mil e 4,32 mil quilômetros, respectivamente.

A lendária Transiberiana, que em 2016 celebrou seu 100º aniversário, conecta a parte europeia da Rússia com o Extremo Oriente do país, bem como com a China, a Mongólia e a Coreia do Norte. A BAM, por sua vez, passa pela Sibéria Oriental e o Extremo Oriente e liga o lago Baikal com o rio Amur.

Trem Rússia Imperial na estação - Sputnik Brasil
Turistas da América Latina descobrem Transiberiano na 'Rússia Imperial' (FOTOS)
Além disso, a RZD pretende investir no levantamento das restrições de infraestrutura, renovação do material circulante ferroviário, bem como o alargamento das linhas ferroviárias em direção aos portos e o desenvolvimento do centro de transporte de Moscou.

O programa de investimento e o plano financeiro da RZD são aprovados anualmente pelo Governo russo. Os investimentos estimados para 2018 seriam os maiores desde 2010.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала