Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Bill Clinton: Rússia 'ataca todo o sistema' dos EUA

© AFP 2021 / Kirill KudryavtsevUS Gerek Meinhardt (L) competes against Russia's Artur Akhmatkhuzin during the men’s team foil semi-final bout between Russia and US as part of the fencing event of the Rio 2016 Olympic Games, on August 12, 2016, at the Carioca Arena 3, in Rio de Janeiro
US Gerek Meinhardt (L) competes against Russia's Artur Akhmatkhuzin during the men’s team foil semi-final bout between Russia and US as part of the fencing event of the Rio 2016 Olympic Games, on August 12, 2016, at the Carioca Arena 3, in Rio de Janeiro - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Coreia do Norte e Rússia que "está atacando todo o sistema dos EUA" são problemas muito sérios, acredita o ex-presidente norte-americano Bill Clinton.

De acordo com ele, Moscou pretende não só garantir a vitória benéfica para si nas eleições, mas "contaminar" as fontes de informação, para romper as linhas entre a verdade e a mentira, informa o CBS News, citado pelo RT.    

O presidente russo, Vladimir Putin, participa da sessão final do Clube Valdai - Sputnik Brasil
Putin: EUA continuam campanha contra Rússia sem precedentes
O ex-presidente dos EUA Bill Clinton, nomeou as principais ameaças que enfrenta a democracia norte-americana, informa o CBS News.

Durante um dos eventos no âmbito da campanha pré-eleitoral do democrata Phil Murphy para o posto de governador de Estado de Nova Jersey, Bill Clinton declarou o seguinte: "Hoje muitos discutem sobre as necessidades de Nova Jersey e sobre as necessidades dos EUA, se considerar de um modo geral. A maioria das manchetes da mídia é dedicada a estes problemas. Nós temos os problemas. A questão da Coreia do Norte é muito séria. A Rússia atacando todo o nosso sistema, é também uma questão séria". 

Bill Clinton também falou sobre as tentativas da Rússia de "influenciar" as eleições presidenciais dos EUA em 2016 e supõe como isto pode afetar o processo de eleições no futuro, acrescentando que a Rússia é capaz de contaminar as fontes de informação a tal ponto, que "a diferença entre a verdade e a mentira deixem de existir". 

Segundo informa o canal, no início de outubro o chefe da Comissão Especial de Inteligência do Senado dos EUA, senador Richard Burr, sublinhou que eles conseguiram encontrar evidências de que a Rússia, durante a corrida pré-eleitoral nos EUA, tentou "criar caos em todos os níveis".   

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала