Estados Unidos ameaça aplicar sanções contra Mianmar

Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos está tomando medidas e considera uma série de ações, inclusive sanções, para lidar com a violência que os muçulmanos da etnia rohingya está enfrentando em Mianmar.

"Expressamos a nossa maior preocupação com os eventos recentes no estado de Rakhine de Mianmar e os abusos violentos e traumáticos que os Rohingya e outras comunidades sofreram", afirmou em comunicado o Departamento de Estado. "É imperativo que todos os indivíduos ou entidades responsáveis por atrocidades, incluindo atores não estatais, sejam responsabilizados".

Refugiados Rohingya depois de cruzarem a fronteira entre o Bangladesh e Mianmar - Sputnik Brasil
Facebook é acusado de censurar posts de minoria que denuncia ataques do governo de Mianmar
Os membros da etnia rohigya não são oficialmente reconhecidos pelo Governo como cidadãos e tentam deixar Mianmar e rumar para países de maioria muçulmana como Malásia e Indonésia. 

Desde agosto, cerca de 600 mil refugiados fugiram do país e entraram em Bangladesh.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), as ações militares em Rakhine são "um exemplo clássico de limpeza étnica".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала