Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Qual é o plano do ex-presidente da Geórgia para 'salvar a Ucrânia'?

© AP Photo / Efrem LukatskyMikheil Saakashvili, ex-governador da região de Odessa
Mikheil Saakashvili, ex-governador da região de Odessa - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ex-governador da região de Odessa e ex-presidente da Geórgia instalou um projetor multimídia na Praça da Constituição para explicar como salvar a Ucrânia.

Mikhail Saakashvili apresentou seu "Plano para Resgatar a Ucrânia em 70 dias", usando a construção do Parlamento ucraniano, Verkhovna Rada, como tela da projeção.

Mikhail Saakashvili, ex-presidente da Geórgia e ex-governador de Odessa - Sputnik Brasil
Ministro ucraniano iguala 'invasão' de ex-líder georgiano ao início do conflito em Donbass
O político instalou um projetor multimídia na Praça da Constituição e apresentou suas ideias, explicando como "mudar o país em cinco dias de sessões parlamentares", em particular, quais medidas devem ser adotadas.

Saakashvili sugeriu adotar uma lei sobre impeachment, uma lei sobre oligarcas e outros. Várias dúzias de pessoas se reuniram em torno do político e ouviram seu manifesto. O ex-governador de Odessa também propôs a adoção de uma nova lei sobre as eleições parlamentares, "abolir as administrações estaduais regionais, eliminar órgãos de monitoramento desnecessários" e realizar reformas tributárias, alfandegárias e médicas.

Além disso, Saakashvili propôs a adoção de uma lei "sobre o direito dos cidadãos à autoproteção armada".

Mikheil Saakashvili. Atual governador da região de Odessa, ex-presidente da Geórgia. - Sputnik Brasil
Outra revolução? Ex-presidente georgiano quer mudar governo na Ucrânia
Na terça-feira, vários milhares de pessoas tomaram ruas do centro de Kiev, pedindo reformas governamentais, como a criação de tribunais anticorrupção e o cancelamento da imunidade aos parlamentares. Os protestos levaram a confrontos entre ativistas e forças de segurança.

Na quinta-feira, o Parlamento ucraniano começou a implementar algumas das demandas dos manifestantes. Em particular, um projeto de lei sobre o cancelamento da imunidade dos legisladores foi enviado ao Tribunal Constitucional. Na sexta-feira, o presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, disse que os legisladores devem começar "imediatamente" a finalizar o projeto de lei sobre a criação de tribunais anticorrupção.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала