Sem calote: Rússia aceita reestruturação da dívida da Venezuela

© AP Photo / Fernando LlanoPoço de petróleo na Venezuela, arquivo
Poço de petróleo na Venezuela, arquivo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os ministérios das finanças da Rússia e da Venezuela concordaram, em geral, com os princípios da reestruturação da dívida venezuelana, disse o ministro das Finanças da Rússia, Anton Siluanov.

"A Venezuela solicitou a reestruturação de sua dívida. As condições desta reestruturação ainda estão sendo discutidas. Em geral, elaboramos esses princípios com o Ministério das Finanças [venezuelano]. Se o lado venezuelano poderá inicializar esses acordos rapidamente, teremos perspectivas reais de assinar seus termos antes do final do ano", disse Siluanov a jornalistas.

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela e Vladimir Putin, durante o encontro realizado em 4 de outubro - Sputnik Brasil
'Rússia é o primo mais velho disposto a ajudar a Venezuela'

O ministro se recusou a fornecer detalhes do acordo, observando, no entanto, que dizia respeito à reestruturação da dívida, e não ao alívio.

Em 2011, a Rússia forneceu um empréstimo de US$ 4 bilhões para a Venezuela para financiar as exportações de produtos industriais russos para o país.

Em meio a uma situação econômica difícil causada pela queda dos preços do petróleo, as autoridades da Venezuela solicitaram em fevereiro de 2014 uma extensão do período de disponibilidade. O governo russo decidiu atrasar o prazo de pagamento do crédito em setembro de 2016.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала