Material blindado da Turquia atravessa fronteira da Síria

© AFP 2022 / Nazeer al-KhatibTanque turco na Síria
Tanque turco na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Oito tanques, 50 blindados e cerca de 200 militares turcos atravessaram a fronteira da Síria e entraram na província de Idlib, informou o canal de televisão turco NTV.

Fumaça liberada após um ataque aéreo da coalizão internacional em Raqqa (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Damasco: Coalizão dos EUA destrói tudo na Síria exceto o Daesh
Os militares e veículos blindados serão instalados em Idlib para controlar a zona de desescalada (ou distensão). O Estado-Maior turco informou que os militares começam a instalar postos de controle no âmbito dos acordos firmados em Astana para a criação de zona de desescalada na Síria.

O envio do contingente militar foi precedido por uma operação de reconhecimento que durou de 8 a 11 de outubro.

Anteriormente, o premiê turco, Binali Yildirim, declarou que a Turquia realiza essa operação no âmbito dos acordos firmados em Astana e que as ações de Ancara são coordenadas com Moscou. Segundo ele, os militares turcos ficarão no interior da cidade de Idlib, enquanto as forças russas serão deslocadas no seu perímetro externo.

Polícia guarda a entrada na embaixada da Turquia em Washington, EUA - Sputnik Brasil
Especialista: posições distintas sobre Síria, Rússia e curdos destroem relação EUA-Turquia
O conflito armado na Síria se arrasta desde março de 2011. As negociações para resolver a crise estão sendo realizadas em Astana e em Genebra.

A cooperação eficaz entre a Rússia, a Turquia e o Irã levou à criação de quatro zonas de desescalada na Síria. Idlib deve tornar-se a quarta zona. Até agora, apenas três zonas estão funcionando: a norte da cidade de Homs, em um subúrbio de Damasco – na área de Ghouta Oriental, e também na fronteira sírio-jordaniana, na província de Daraa. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала