Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Opinião: EUA entendem o perigo de um conflito aberto com a Rússia

© AFP 2021 / Josh EdelsonConsulado-Geral russo em São Francisco
Consulado-Geral russo em São Francisco - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Departamento de Estado norte-americano não conseguiu explicar o motivo de ter retirado as bandeiras da Rússia das instalações diplomáticas russas nos EUA. O especialista em ciências políticas Vladimir Kireev falou, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, sobre os motivos das ações controversas por parte dos EUA.

Soldados poloneses e norte-americanos durante exercícios conjuntos Anakonda 16 perto de Torun, Polônia, junho de 2016 - Sputnik Brasil
Ministério da Defesa russo: presença militar dos EUA no Báltico viola acordo OTAN-Rússia
Um representante do Departamento do Estado comunicou à Sputnik que os EUA estão prontos a devolver as bandeiras russas retiradas das missões diplomáticas em Washington e São-Francisco. 

"Informamos a embaixada russa de que podemos devolver as bandeiras russas às autoridades russas quando elas quiserem", disse ele.

Enquanto isso, o Departamento de Estado norte-americano não conseguiu explicar o motivo de ter retirado os símbolos nacionais em uma representação diplomática estrangeira.

A representante do Departamento do Estado, Heather Nauert, falando no briefing, ignorou as perguntas dos jornalistas sobre o tema. Contudo, acabou por reconhecer que não tinha em sua disposição informações sobre a situação.

"Eu não sei", disse ela. 

Militares americanos e rebeldes do Maghaweer al-Thawra, apoiado pelos EUA, em Al Tanf, no sul da Síria - Sputnik Brasil
Rússia exige que EUA expliquem sua 'cegueira seletiva' em relação a militantes na Síria
Anteriormente, o Departamento dos Estado afirmou que considera legal a retirada das bandeiras russas das propriedades diplomáticas da Rússia nos EUA.

O ministro das Relações Exteriores Sergei Lavrov comunicou ao secretário do Estado dos EUA, Rex Tillerson, que tais ações são inaceitáveis.

O especialista em ciências políticas Vladimir Kireev, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, falou sobre sua visão dos motivos destas ações controversas por parte dos EUA.

"Hoje em dia, a política norte-americana está vivendo uma grave crise de conceitos sobre o futuro, sobre o que os EUA representam agora, fazendo com que seja difícil esperar ações coordenadas por parte dos norte-americanos. É provável que, no futuro, estes ajam de uma forma imprevisível e até ameaçadora. Atualmente, os EUA estão enfrentando grandes desafios externos à sua liderança no mundo e reagem de um jeito meio histérico", assinalou Vladimir Kireev.

Consulado-Geral da Rússia em São Francisco, Califórnia - Sputnik Brasil
Rússia pode exigir nova redução do corpo diplomático dos EUA em Moscou
Esta tendência se reflete nas relações entre a Rússia e os EUA.

"As ações em relação à Rússia são contraditórias. Por um lado, os EUA entendem perigo de um conflito aberto com a Rússia, porque pode provocar consequências graves. Por outro, a maioria dos políticos norte-americanos considera a Rússia como inimigo, o que requere ações agressivas da parte deles. No futuro, vamos ver mais ações dessas, que por um lado são agressivas, por outro, conciliadoras. Não tem como atingir o equilíbrio agora", ressaltou o especialista.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала