Resposta forte: Pyongyang ameaça Washington com 'chuva de fogo'

© REUTERS / KCNALançamento de mísseis na Coreia do Norte
Lançamento de mísseis na Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte disse que seu país quer "punir" Trump e os EUA com uma "chuva de fogo", informa o Diário de Notícias citando a publicação correspondente da KCNA.

"É a firme vontade de todo o pessoal militar e do povo da República Popular Democrática da Coreia do Norte fazer chover fogo sobre os EUA, que falaram em destruir totalmente a RPDC", disse Ri Yong-ho, em um comunicado citado pela agência estatal KCNA, informa o Diário de Notícias. 

Kim Jong-un observa míssil balístico de longo alcance Hwasong-12. - Sputnik Brasil
Opinião: Coreia do Norte pode possuir arma que os EUA não conseguirão conter
Ele afirmou também que o programa nuclear da Coreia do Norte é um "fruto precioso da sangrenta luta" do povo norte-coreano pela soberania e "defesa do seu destino" em meio da ameaça nuclear "dos imperialistas norte-americanos", expressou o Diário de Notícias citando a publicação correspondente da KCNA.

As declarações belicosas da Coreia do Norte começaram a surgir após Donald Trump ter afirmado perante a Assembleia-Geral da ONU em setembro que a única solução para a questão coreana será "destruir completamente" a Coreia do Norte se o regime do país continuar ameaçando os EUA e os seus aliados. 

Os especialistas estimam que Pyongyang possa efetuar um novo lançamento de um míssil na próxima quarta (18), dia em que começa o congresso do Partido Comunista da China ou pouco mais tarde, entre os dias 2 e 14 de setembro, durante a visita planejada do presidente norte-americano Donald Trump à região.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала