Moscou sobre retirada de bandeiras russas: EUA destroem relações com Rússia

© Sputnik / Kristin DaileyEdifício da Representação Comercial da Rússia em Washington, EUA, após retirada das bandeiras.
Edifício da Representação Comercial da Rússia em Washington, EUA, após retirada das bandeiras. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou expressou um protesto veemente a Washington na sequência da retirada das bandeiras russas das propriedades diplomáticas da Rússia nos EUA, disse a representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.

"Ontem viemos a saber, posso afirmar oficialmente, da nova ação hostil das autoridades dos EUA contra nossas propriedades diplomáticas. Nos edifícios do Consulado Geral em são Francisco e da Representação Comercial, invadidos antes pelos serviços de inteligência norte-americana, foram retiradas as bandeiras russas", disse Zakharova.

Segundo ela, Moscou qualifica o acontecimento como "uma afronta contra um símbolo estatal da Rússia", acrescentando que Moscou "expressou um protesto veemente aos Estados Unidos".

Zakharova disse que, com tais ações, algumas forças políticas estadunidenses estão destruindo intencionalmente as relações com Moscou.

Consulado-Geral da Rússia em São Francisco, Califórnia - Sputnik Brasil
Polícia arranca as bandeiras do Consulado da Rússia em São Francisco
Há poucos dias, os EUA ordenaram a retirada das bandeiras russas dos prédios do Consulado em São Francisco e da Representação Comercial russa em Washington.

A embaixada da Rússia em Washington já criticou a medida dos EUA, qualificando-a como "uma manifestação de extrema animosidade".

Comentando a situação, um representante do Departamento de Estado norte-americano disse à Sputnik que as bandeiras russas foram "respeitosamente" baixadas pelas autoridades dos EUA nos imóveis diplomáticos russos fechados em Washington e em são Francisco.

"As bandeiras das antigas propriedades do Consulado russo em São Francisco foram respeitosamente baixadas e estão guardadas em segurança dentro de cada um dos edifícios", disse o representante estadunidense nesta quarta-feira (11).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала