Cidadão russo é suspeito de preparar golpe na Ucrânia

© Sputnik / Stringer / Abrir o banco de imagensPoliciais ucranianos em Kiev, Ucrânia (foto de arquivo)
Policiais ucranianos em Kiev, Ucrânia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A promotoria da Ucrânia entregou ao cidadão russo Yevgeny Mefedov a notificação sobre lhe ter sido atribuído o status de suspeito de tentar derrubar as autoridades ucranianas e de preparação de desordens em Odessa em 2014.

Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Golpe contra Poroshenko? Vice-ministro da Defesa da Ucrânia foi detido
Em 18 de setembro, o tribunal da região de Odessa absolveu os partidários do "anti-Maidan" acusados de terem provocado desordens na praça Grecheskaya em Odessa, essas desordens resultaram na perda de vida de seis pessoas. Foram acusadas 19 pessoas, cinco delas estavam em prisão preventiva.

Segundo informou a mídia local, o tribunal examinou apenas os atos dos ativistas "anti-Maindan", que foram acusados de provocações aos participantes do Maidan. Logo após a declaração da sentença absolutória, Yevgeny Mefedov foi acusado de atentar contra a integridade territorial da Ucrânia, tendo sido imediatamente detido.

"Uma nova acusação foi apresentada contra Mefedov", escreveu o advogado dele na sua página no Facebook.

Soldados norte-americanos treinam militares ucranianos durante exercícios perto de Lvov - Sputnik Brasil
Para que Ucrânia pede mais armas aos EUA?
Segundo a cópia da notificação como suspeito apresentada na página do advogado, Mefedov é acusado de "atos destinados a alterar ou derrubar pela violência o regime constitucional ou a tomar o poder" e "preparação de desordens em massa". Mefedov pode ser condenado a 10 anos de prisão com confisco de bens.

Mefedov também é acusado de participar da caravana automóvel "Odessa-Nikolaev" em março de 2014 que, segundo os investigadores ucranianos, tinha como objetivo propagandear ideias de separatismo em Odessa e áreas adjacentes. Para além disso, Mefedov é suspeito de coordenar ações dos participantes do "anti-Maidan" em Odessa em 2014 e de fornecer armas a este grupo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала