General sírio acusa EUA de fornecerem armas ao Daesh e Frente al-Nusra

© Sputnik / Mikhail Voskresensky / Abrir o banco de imagensParte histórica de Palmira destruída pelos terroristas do Daesh, Síria, 27 de março de 2016
Parte histórica de Palmira destruída pelos terroristas do Daesh, Síria, 27 de março de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com militares do Exército sírio, os terroristas do Daesh e da Frente al-Nusra (organizações terroristas proibidas na Rússia) receberam armas produzidas nos Estados Unidos, Bélgica e França.

Militares do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (CGRI) marcham durante uma parada militar em homenagem à Guerra Irã-Iraque, de 1980-1988 - Sputnik Brasil
Irã promete tratar o exército dos EUA como Daesh, se as novas sanções forem confirmadas
Os EUA fornecem armas aos terroristas na Síria e não à oposição, disse aos jornalistas o chefe da direção-geral operacional do Exército sírio, Ali Al-Ali, durante a demonstração de armas apreendidas aos terroristas.

"Sabemos que os EUA enviaram 1.451 caminhões com equipamento militar à Síria entre 5 de junho e 15 de setembro deste ano. As armas eram alegadamente destinadas a combater os terroristas, mas possivelmente caíram nas mãos dos jihadistas do Daesh e Frente al-Nusra", disse ele.

De acordo com Ali Al-Ali, existem fotos de fragmentos de projéteis de produção estrangeira. Esses projéteis foram usados pelos terroristas para atacar zonas residenciais de Damasco e seus arredores.

Tropas sírias na cidade de Al-Qaryatayn libertada de terroristas - Sputnik Brasil
Combatentes do Daesh atacam tropas sírias a partir de zona 'da missão militar dos EUA'
O general acrescentou que os terroristas receberam as armas compradas no âmbito do programa do Pentágono de ajuda aos aliados. 

Um outro militar do Exército sírio, Walid Khali, informou que os terroristas da Frente al-Nusra que atacaram o posto de observação da polícia militar russa na Síria em 18 de setembro tinham armas de produção norte-americana, belga e francesa.

"Hoje aqui são apresentadas armas que foram apreendidas aos terroristas há algumas semanas. Elas foram fornecidas aos terroristas ilegalmente do exterior. Existem mais de 100 itens de armas ligeiras e lança-granadas produzidas nos Estados Unidos, Bélgica e França", disse Khali.

Anteriormente, o vice-chanceler russo Oleg Syromolotov, responsável pela coordenação do contraterrorismo, afirmou que, apesar das medidas adotadas pela ONU, os terroristas do Daesh e de outras organizações continuam recebendo armas, munições, equipamentos e proteção política do exterior.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала