Trump: 'comunismo é o passado, a liberdade é o futuro'

© REUTERS / Kevin LamarqueDonald Trump, presidente dos Estados Unidos, em discurso na 72ª Assembleia Geral da ONU
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, em discurso na 72ª Assembleia Geral da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente dos EUA, Donald Trump, discursou em uma cerimônia na Casa Branca nesta sexta-feira (6) para celebrar o Mês do Legado Hispânico nos Estados Unidos e aproveitou para criticar as políticas socialistas de países latino-americanos.

Em particular, o presidente norte-americano pediu que as autoridades venezuelanas restaurem a "democracia e a liberdade".

Bandeiras nacionais de Cuba e EUA - Sputnik Brasil
EUA consideram fechar embaixada em Cuba
"Rejeitamos a opressão do socialismo e exigimos a restauração da democracia e da liberdade para os cidadãos da Venezuela", afirmou o presidente norte-americano em uma cerimônia para celebrar o Mês do Legado Hispânico nos Estados Unidos.

Donald Trump também destacou que os EUA não suspenderão o embargo imposto há 60 anos contra Cuba até que haja uma mudança política no país.

"Não levantaremos sanções contra o regime cubano até que este garanta a plena liberdade política para o seu povo", disse o presidente na Casa Branca.

Trump ainda completou que "a mesma e fraca ideologia que oprimiu Cuba trouxe nada além de sofrimento e miséria em todos os lugares e em todos os momentos em que foi aplicado". "Comunismo é o passado, a liberdade é o futuro", destacou. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала