Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Rússia não cessará fornecimento de armas ao Irã se EUA abandonarem acordo nuclear

© AFP 2021 / ATTA KENARETeerã
Teerã - Sputnik Brasil
Nos siga no
A possível saída do presidente dos EUA Donald Trump do Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, sigla em inglês), o acordo nuclear com o Irã, não influirá no cumprimento das obrigações do programa de fornecimentos de armas a Teerã a partir de 2020 por parte da Rússia, disse à Sputnik o senador russo Viktor Ozerov.

Central Nuclear de Bushehr, Irã - Sputnik Brasil
Parlamentar russo: Irã interpretará o cancelamento do acordo nuclear como provocação
"Existe uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que confirma o cumprimento de todas as exigências por parte de Teerã quanto ao programa nuclear. A Rússia cumprirá todos seus compromissos perante o Irã incluindo o programa de fornecimento de armas a partir de 2020", declarou ele.

O senador sublinhou que se trata do levantamento em 2020 das limitações ao fornecimento de armas convencionais ao Irã, incluindo tanques, veículos blindados, sistemas de artilharia, aviões e helicópteros de combate, navios de guerra e sistemas de mísseis. 

Ozerov sublinhou que, se os EUA abandonarem unilateralmente o acordo nuclear com o Irã, isso será um sinal para a Rússia de que os EUA podem fazer o mesmo com o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário entre a Rússia e os EUA (INF, sigla em inglês).

Secretário de Estado norte-americano James Mattis gestures durante a conferência de imprensa sobre a campanha contra o Daesh no Pentágono, Washington, 19 de maio de 2017 - Sputnik Brasil
Irã e líderes dos EUA criticam intenção de Trump de abandonar Acordo Nuclear
Em 5 de outubro a mídia informou que o presidente dos EUA Donald Trump pretende anunciar na semana que vem o cancelamento do acordo nuclear com o Irã. Ele, em discursos anteriores, já havia manifestado dúvidas quanto à eficiência do acordo.

O Irã e o grupo P5 + 1 (China, França, Rússia, Reino Unido, Estados Unidos e Alemanha) assinaram o JCPOA para garantir a natureza pacífica do programa nuclear do Irã em 14 de julho de 2015.

Conforme este acordo, o Irã prometeu abster-se de desenvolver ou adquirir armas nucleares em troca do levantamento das sanções impostas contra Teerã. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала