Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Cientistas declaram: fazer sexo causa consequência irreparável à saúde

Nos siga no
Atividade sexual influencia no processo de envelhecimento, comprovaram cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

O artigo foi publicado na revista Biogerontology. Segundo a Teoria do Soma Descartável, o envelhecimento pode ser resultado do compromisso entre reprodução e longevidade, que estão ligadas ao fato de que o organismo precisa gastar energia nos processos de metabolismo. Quanto mais recursos são usados para reprodução, menos energia sobra para restaurar tecidos e órgãos.

Um casal a beijar - Sputnik Brasil
Já foi encontrada a melhor substituição do sexo!
No experimento foram utilizados 80 ratos machos de mais de dois meses da idade. Os animais foram divididos em quatro grupos, dependendo de sua época de vida: até 3, 6, 12 ou 24 meses. Em cada grupo havia dois subgrupos: ratos que se acasalavam com fêmeas e os que possuíam estilo de vida "solteira".

Os órgãos e tecidos dos animais depois da morte foram analisados com base na quantidade de antioxidantes e nível de estresse de oxidação, expressada na concentração de formas ativas do oxigênio e traumas do DNA.

De acordo com a pesquisa, a oxidação das células dos ratos que se acasalavam era maior do que a dos ratos solteiros. Além disso, o maior dano às células foi apresentado na atividade sexual enquanto jovens.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала