Após sanções de Trump, aprovação de Maduro aumenta

© REUTERS / Miraflores PalaceNicolás Maduro, presidente de Venezuela
Nicolás Maduro, presidente de Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O índice de aprovação do presidente venezuelano Nicolás Maduro aumentou para 23% em setembro, ante 17% em julho, de acordo com uma pesquisa da Datanalisis.

A alteração ocorreu após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, impôr sanções contra Caracas e uma queda nos protestos de rua contra o Governo.

Venezuela's President Nicolas Maduro - Sputnik Brasil
Nicolás Maduro: 'Donald Trump está obcecado comigo'
Quase 52% da população é contra as sanções de Trump que foram tomadas após a implantação da Assembleia Nacional Constituinte, organismo duramente criticado pela oposição venezuelana.

A declaração do presidente dos Estados dos Estados Unidos de que considerava a "opção militar" contra a Venezuela foi desaprovada por 57% dos entrevistados. 

A baixa aprovação de Maduro não é incomum na América Latina. Os presidentes Juan Manuel Santos, da Colômbia, e o brasileiro Michel Temer (PMDB) têm índices de aprovação ainda menores. 

A pesquisa entrevistou 1.000 pessoas entre 8 de setembro e 22 de setembro e mostrou que 86,9% da população acredita que a situação da Venezuela é negativa. A margem de erro é de 3,04%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала