Na região russa de Amur, militar mata oficial, 2 soldados e foge

© Sputnik / Alexandr KryazhevMilitares russos durante exercícios (foto de arquivo)
Militares russos durante exercícios (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, na região russa de Amur, durante treinamentos, um militar atirou em dois soldados e em um oficial com um fuzil de assalto, matando-os; mais dois ficaram feridos.

"Na região de Amur, durante treinamentos noturnos de rotina, um militar abriu fogo com um fuzil de assalto na direção de um grupo de soldados, que estavam esperando para entrar no campo de tiro. No resultado do incidente, um oficial e dois soltados morreram; dois foram transportados ao hospital, onde estão recebendo tratamento necessário", explicou um representante do ministério.

Segundo dados do Ministério da Defesa russo, o suspeito fugiu do território do campo, levando consigo a arma.

Soldados sul-coreanos participam de treinamentos de tiro, frente a um possível ataque por parte da Coreia do Norte(foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Soldado sul-coreano é assassinado perto da fronteira com Coreia vizinha
Ministério comunica que o militar está sendo procurado:

"O comande e os órgãos de segurança tomaram as medidas para busca e detenção [do criminoso]."

Todas as causas do incidente estão sendo consideradas, até mesmo crise nervosa do militar, adicionou o representante.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, ordenou enviar à região de Amur uma comissão especial para investigação do caso:

"Por ordem do ministro da Defesa da Rússia, uma comissão encabeçada pelo chefe do Estado-maior de tropas terrestres foi enviada."

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала