Militar russo que matou um oficial foi morto em confronto com as forças de segurança

© Sputnik / Pavel GerasimovForças Especiais do Ministério da Defesa da Rússia durante exercícios antiterroristas
Forças Especiais do Ministério da Defesa da Rússia durante exercícios antiterroristas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O militar que matou um oficial e fugiu de um centro de treinamento na região de Amur, na Rússia, nesta sexta-feira, acabou sendo morto, depois de entrar em confronto com as unidades antiterroristas, informou o exército.

Treinamentos táticos no polígono Luzhsky, na região de Leningrado, Rússia (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Explosão em polígono militar na Rússia mata um e deixa feridos
"Após uma operação de busca, uma divisão antiterrorista da guarnição do Distrito Militar Oriental encontrou e tentou deter o militar armado que havia fugido de um campo de treinamento na região de Amur", informou a assessoria de imprensa do Distrito Militar.

O soldado ofereceu resistência, o que foi avaliado como uma ameaça direta às vidas dos agentes de segurança, que abriram fogo. 

"O militar ofereceu resistência armada e foi mortalmente ferido", explicou o comunicado.

Nesta sexta-feira, na região de Amur, na Rússia, o militar iniciou um tiroteio com rifle de assalto durante um treinamento de rotina, matando um oficial e ferindo dois soldados. Após o incidente, o suspeito fugiu do território do centro de treinamento, levando armas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала