Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Bomba da II Guerra Mundial assusta população em Okinawa

© AFP 2021 / Toru YAMANAKAMilitares da Marinha dos EUA durante a cerimônia de descida da bandeiras norte-americana e japonesa em Camp Forester, perto da base militar de Futenma em Ginowan, na prefeitura de Okinawa, em 14 de novembro de 2014
Militares da Marinha dos EUA durante a cerimônia de descida da bandeiras norte-americana e japonesa em Camp Forester, perto da base militar de Futenma em Ginowan, na prefeitura de Okinawa, em 14 de novembro de 2014 - Sputnik Brasil
Nos siga no
As autoridades japonesas precisaram realizar uma evacuação em massa por conta da descoberta de bomba não detonada do período da Segunda Guerra Mundial em Naha, capital da província de Okinawa.

Protesto de habitantes de Okinawa em frente da base em Nago, Japão, junho de 2016 - Sputnik Brasil
Autoridades de Okinawa protestam contra voos dos EUA depois de acidente letal
O explosivo em questão foi descoberto no mês passado, no local de construção de um hotel, na principal rua da cidade Kokusai-dori. Após constatar que a bomba era estável, a prefeitura decidiu esperar algumas semanas até removê-la, o que aconteceu no último final de semana. 

No sábado, 23, 2.500 pessoas precisaram ser retiradas da localidade para que os especialistas pudessem desarmar a bomba. A operação ocorreu com sucesso, sem incidentes. 

Okinawa foi palco das batalhas mais sangrentas na região do Pacífico na parte final da Segunda Guerra Mundial. Estima-se que os Estados Unidos tenham jogado cerca de 3,6 milhões de bombas como essa, encontrada em Naha, sobre a ilha. Só no ano passado, o governo japonês relatou ter descoberto 612 explosivos não detonados na província. 

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала