Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

NASA espera testar o protótipo do 'novo Concorde' em breve (VÍDEO)

© NASA . Centro de Pesquisa LangleyImagem de como será o avião X, que integra o projeto QueSST e que pode "reviver" o famoso avião supersônico Concorde
Imagem de como será o avião X, que integra o projeto QueSST e que pode reviver o famoso avião supersônico Concorde - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Jacobs Technology Inc., fornecedora de tecnologias e serviços aeronáuticos, finalizou na última quinta-feira a instalação do projeto preliminar QueSST no túnel de vento subsônico do Centro de Pesquisa Langley da NASA, nos EUA, realizado pela engenheira de teste Samantha O'Flaherty.

O projeto QueSST (Silent Supersonic Technology, ou Tecnologia Silenciosa Supersônica) é o modelo inicial de uma aeronave experimental supersônica silenciosa que está em desenvolvimento e também é conhecida como um plano X.

Trata-se de um protótipo de escala que é 15% do tamanho planejado. A NASA planeja iniciar testes aerodinâmicos nas próximas semanas e usará os dados obtidos para estimar como a aeronave voará em baixas velocidades.

Os especialistas esperam que, no futuro, a inovadora aeronave supersônica silenciosa LBFD (Low Boom Flight Demonstration) use menos combustível e produza menos emissões e ruídos graças a um design especial que difere do modelo de aeronave convencional.

Avião Concorde das linhas aéreas Air France aterrissa no aeroporto de Nova York, em 7 de novembro de 2001 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
NASA fará 'ressuscitar' lendário avião supersônico Concorde com caraterísticas novas

A NASA planeja gastar US$ 390 milhões no projeto nos próximos cinco anos para construir o primeiro avião e testá-lo em áreas povoadas, informou a Bloomberg.

Com velocidades supersônicas, o avião X poderia reduzir para metade as seis horas que uma aeronave convencional atualmente leva para cobrir a distância entre Nova York e Los Angeles.

A nova aeronave possui características que remeter ao famoso avião Concorde que, após 27 anos de serviço, fez seu último voo comercial em 2003. Seus proprietários, British Airways e Air France, decidiram aposentá-lo devido aos elevados custos de manutenção e à baixa demanda na sequência do acidente com um dos aviões em 2000.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала