Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Prenda-me se for capaz: caças britânicos não conseguem interceptar aviões russos

© Foto / UK Ministry of DefenceEurofighter Typhoon das forças armadas britânicas
Eurofighter Typhoon das forças armadas britânicas - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Força Aérea Real (RAF, na sigla em inglês) enviou dois caças multifuncionais Typhoon para tentar interceptar dois bombardeiros russos próximo do litoral da Escócia.

Caça Typhoon da Força Aérea britânica (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Contra 'ameaça russa', Reino Unido reativa base militar dos tempos da Guerra Fria
De acordo com a edição The Daily Mail, o incidente, ocorrido na manhã de 20 de setembro, é mais um de uma série de recentes ocorrências entre a RAF e a Força Aérea da Rússia. 

Os dois aviões britânicos partiram do aeroporto de Lossiemouth para interceptar dois bombardeiros russos, mas a tentativa foi malsucedida, porque os aviões da  Força Aérea da Rússia deram a volta e conseguiram escapar.

Além disso, um avião Voyager A-330 levantou voo da base da RAF de Brize Norton, em Oxfordshire, para reabastecer os aviões enquanto estes patrulhavam o espaço aéreo britânico no mar do Norte.

Bombardeiro estratégico dos EUA B-52H - Sputnik Brasil
EUA enviam mais 2 bombardeiros estratégicos para 'proteger' Europa
A edição britânica lembrou um incidente semelhante entre a RAF e a Força Aérea Russa que ocorreu em maio deste ano. Naquela ocasião, dois Typhoons e um avião de longo curso Voyager também foram enviados para interceptar aviões russos.

Entretanto, o Ministério da Defesa da Rússia afirmou repetidamente que todos os voos da Força Aérea da Rússia são realizados no respeito estrito pelas normas internacionais de utilização do espaço aéreo sobre águas neutras, sem violar as fronteiras de outros países.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала